terça-feira, 21 de setembro de 2010

Oração => Intimidade com Deus

Olá Amados,
Hoje pela manhã fiquei olhando um dos milhares de livros que eu comprei na expo e decidi por um que me deixou muito intrigada e com um tema que Deus já tinha falado comigo na minha oração matinal.
Na hora do meu almoço conversei com uns amigos sobre o que seria oração pra eles e eles responderam
" Oração é uma forma de ter ligação com o Pai." e o outro " Oração é uma forma de agradecimento." 
Quando oramos conversamos com o Pai então, logo a oração se transforma em uma conversa entre filha (o)
e Pai. A oração é o princípio da relação com Cristo e adquirimos intimidade através dela.
Amados, temos que reconhecer a presença de Deus em nossas vidas Deus: o Pai, o Filho e o Espírito Santo tudo em apenas um. Reconhecer que Deus é o Salvador, é quem nos sustenta e quem afasta de nos o sentimento de angústia, solidão e depressão.
Na presença de Deus há alegria (felicidade) em abundância. Na tua presença há abundância de alegria, a tua mão direita há delícias perpetuamente. Salmos 16:11.
Quando há intimidade há transformação de dentro para fora.

A intimidade tem alguns elementos importantes que descrevem sua definição:

Intimidade é sacrifício – de tempo, seja apropriado ou não, vivendo como imitadores de Cristo (Ef 5.1-2).

Intimidade é privilégio de poucos – Para os que o temem (Sl 25.14.), para os dispostos (Jr 33.3) e para os sinceros, retos (Pv 3.32).

Intimidade é desafio – quem está disposto? Novamente para os que o temem (Sl 25.14); para os que o buscam e o buscam de coração (Is 55.6 e Jr 29.13-14) e desafio para aquele que é limpo de mãos e puro de coração (Sl 24.3-5).

Intimidade é oferta – é o desejo de estar com Deus ofertando todo o seu ser em busca da presença Dele (Sl 27.8). Buscar a presença do Senhor é uma escolha, um ato de oferta.

Intimidade é amor e anelo pela presença com Deus – Sl 27.4; Sl 63. É amando-o sobre todas as coisas, honrando-o não apenas em oração, mas, principalmente, em atitudes. Honrando-o com o próprio corpo como templo do Espírito Santo (1Co 6.19). Nosso corpo como templo, tem que estar purificado para habitar o Deus Aba-Pai. O templo precisa estar reparado para que flua essa intimidade com Deus.

Portanto, meditemos e arrependamo-nos. Não fiquemos acomodados e busquemos a presença de Deus enquanto é tempo.

Reflita:
Você tem tido intimidade com Deus? Até que ponto?
Você realmente conhece a Deus?
Até que ponto você tem deixado Deus ser seu amigo íntimo atuante nas áreas da sua vida?
O que você precisa reparar nesta noite para ter essa intimidade com o Pai?
Ore, arrependa-se e repare seu altar, sua vida diante de Deus para que sua intimidade, sua presença flua entre nós.

Graça e Paz a todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário